11.8.13

Resenha - "Quem é você, Alasca?" de John Green

O primeiro amigo, a primeira garota, as últimas palavras.

Looking For Alaska

Autor: John Green
Páginas: 229
Editora: WMF
Gênero: Romance/Ficção
Classificação: 

Sinopse: "Miles Halter é um adolescente fissurado por célebres últimas palavras - e está cansado de sua vidinha segura e sem graça em casa. Vai para uma nova escola à procura daquilo que o poeta François Rebelais, quando estava à beira da morte, chamou de 'O Grande Talvez'. Muita coisa o aguarda em Culver Creek, inclusive Alasca Young. Inteligente, espirituosa, problemática e extremamente sensual, Alasca levará Miles para o seu labirinto e o catapultará em direção ao 'Grande Talvez'."


__________

"Quem é Você, Alasca?" foi o segundo livro que li do John Green. Depois de ter o coração dilacerado por "A Culpa é das Estrelas", não tinha como não esperar um novo best seller desse autor. Logo no começo da leitura já encontrei vários traços de Green que tanto amei em ACEDE: o desenrolar fácil, o linguajar adolescente, a entrega dos personagens. Já era um bom motivo pra dar logo duas estrelas pro livro! 

A narrativa começa falando sobre a mudança de Miles para um internato onde seu pai passou a adolescência, e as dificuldades e aventuras que ele vai enfrentar por lá. Miles é o típico garoto tímido, excluído e desengonçado dos livros de gênero YA (young adult) e, obviamente, o "herói" da história. No começo achei esse estereotipo clichê demais e fiquei com um certo preconceito, mas segui a leitura... O livro é dividido em duas partes, o "antes" e o "depois" e isso é tudo que posso dizer sem virar spoiler. Com o passar das páginas acabei esquecendo todo o meu preconceito inicial, e me apaixonando pelo Miles e sua mania de "ultimas palavras"

O amor de Miles por Alasca é meio louco e leve ao mesmo tempo, e esse foi um detalhe do livro que me prendeu muito, pois torci do começo ao fim para que eles terminassem juntos. Alasca, toda rebelde e autossuficiente, acabou se mostrando tão carente e amorosa quanto qualquer outra adolescente, fazendo com que eu me identificasse em vários pontos, e essa é com certeza uma característica que faz com que eu me amarre em um livro. 

"- Não gostei do jeito como ele tratou você. Deu vontade de chorar. Quase dei um beijinho pra ver se passava.
- Pena que não deu - eu disse, sério, e todos riram.
- Você é uma gracinha - ela disse." 

Miles se apaixona rápido demais por Alasca, e essa é uma critica que faço ao livro. Ele foi meio mal ligado e achei que faltaram muitas e muitas páginas de história. Por mais enrolado que no começo possa parecer, no final parece ainda mais enrolado e isso me deixou um pouco irritada, mas amei o livro do mesmo jeito, porque John Green é John Green e só me decepcionou de verdade meses depois com "O Teorema Katherine", mas isso fica pra outra resenha... 

"Eu nunca tinha sentido o corpo de outra pessoa contra o meu enquanto dormia. Foi um ótimo desfecho para o melhor dia da minha vida." 

Recomendo "Quem é você, Alasca?" para todas as pessoas que um dia se viram sem chão por causa de um amor, e também para aqueles que concordam que John Green é um mestre atual da literatura YA. Eu, com certeza, daria cinco estrelas ao livro se não fossem as pequenas confusões em que me encontrei durante a leitura. Confesso que me decepcionei em alguns momentos e me vi, algumas vezes, querendo abandonar a leitura, mas garanto que valeu a pena seguir até o final. 

"Eu queria gostar de beber mais do que de fato gostava (o que era exatamente o oposto do que eu sentia em relação à Alasca)" 

Um comentário:

  1. Eu realmente preciso ler esse livro, adorei sua resenha, seguindo aqui o/

    acervo-de-livros.blogspot.com

    ResponderExcluir

© BL Design - 2014. Todos os direitos reservados.
Criado por: Bianca Layouts ♥ EXCLUSIVO! ♥.
Tecnologia do Blogger.
imagem-logo